AULA 4 – Noturno – Produto – 22.03.2010

A segunda parte do livro “O mundo codificado”, de Vilém Flusser, intitulada códigos disserta sobre o modo que o homem vem se comunicando. Esta comunicação ocorre de uma forma não natural, onde os símbolos são organizados em códigos, e após a aprendizagem desse código tendemos a esquecer a artificialidade desse código.

Os meios, como televisão, radio, teatro, entre outros, são responsáveis por transmitir mensagens, mas cada mídia comunicava de maneira distinta. Com o passar do tempo, elas passaram a se misturar, se convergir, de tal forma que hoje é possível ler um jornal no computador. Essa convergência de mídias faz com que seja necessário um novo modo de comunicação, que é esse período que estamos vivendo, onde a mídia digital se mistura com outros tipos de mídia para nos aproximarmos mais dessa nova forma de comunicação.
Um ponto questionado por Flusser é a forma como pegamos um universo e o expressamos em linha, hierarquizando e artificializando, nos distanciando cada vez mais do mundo.

Por isso, não há como entender design sem falar em comunicação, pois uma cor, uma forma é responsável por comunicar.

Desenhar também é uma forma de expressar a comunicação, mas somos seres com uma capacidade pluridimensional, ao passar essas idéias para o papel, dentro da linha as ideias passam a ser bidimensionalizadas, achatadas.

Então, como fazemos para nos comunicar onde tudo é vazio? ( “A Casa Vazia”).

Nós nos acostumamos tanto ao artificial que ele nos parece natural, artificializamos tudo sem perceber, nos prendemos aos símbolos e nos esquecemos do significado das coisas. Produzimos coisas pensando em sua finalidade e nos esquecemos de suas intenções. Quando o designer precisa redesenhar algo, isso não significa que ele tenha que mudar formas, materiais, ou cores do objeto, mas sim analisar e questionar as intenções desse objeto.

No inicio da comunicação a imagem era utilizada para explicar coisas, como o desenho de um cavalo, que comunicava para alguém que nunca tinha visto um cavalo como era a forma de um cavalo. Mas pelo fato do ilustrador expressar sua visão do cavalo, há aí um abismo entre o desenho e o cavalo real. Para tentar explicar de uma forma melhor, o homem criou a escrita.

É preciso que haja reconhecimento de outras formas de comunicar. No mundo codificado, em que vivemos, as coisas são códigos formados por 0 e 1 (Matrix), onde a combinação forma uma imagem. Para Flusser, o pensamento numérico evadiu-se do código alfabético, livrando-se da obrigação da linearidade, passando de números às informações digitais.

Então, como retornar ao natural sem abandonar o real?

É preciso mudar o foco, enxergar o design de outra maneira, esquecer um pouco da preocupação com a aparência das coisas e dar ênfase nas questões, nos processos. É preciso parar de projetar coisas que são responsáveis pela destruição da vida no planeta.

O universo de atuação do designer sofre uma expansão muito rica e muito além de projetos de novas formas e novos objetos, bem como realizar novos projetos que tenham a sensação como um vetor incorporado na fase de criação.

Comente

0 Responses to “AULA 4 – Noturno – Produto – 22.03.2010”



  1. Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Início

Linguagens Contemporâneas:

Design e Mobilidade

A disciplina de Linguagens Contemporâneas, do curso de Design da UNESP de Bauru, ministrado pelo Professor Dorival Campos Rossi, é o ponto de partida para uma investigação sobre a cibercultura, a Net Art e todas as outras formas de expressão hipertextual, seja ela real ou virtual.
Acompanhe nossas atualizações!

Junte-se a 15 outros seguidores

Páginas

LC no Flickr

DSC_0086

DSC_0085

DSC_0082

DSC_0077

DSC_0073

Mais fotos

RSS Twitter @bauruhaus

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

Blog Stats

  • 38,343 hits

%d blogueiros gostam disto: